Reciclagem de Alimento

[EMA] - Reciclagem de Alimento

Reciclagem de Alimento é possível?

Quem cozinha em casa sabe a quantidade de alimento ou resto de alimento que vai fora. Não porque queremos, mas por não ter utilidade nos pratos que preparamos ou por não sabermos aproveitar tudo que sobra em nossas cozinhas. E como reciclar o restos de alimento?

Já sei que existem vários programas que nos ensinam a utilizar o máximo possível dos alimentos, inclusive cascas, mas ainda não estou tão avançado nos meus conhecimentos culinários, então tento buscar alternativas para não jogar simplesmente o que sobra no lixo comum, afinal vai tudo para o aterro sanitário.

Nosso artigo hoje tem um pratão de comida para nossas queridas minhocas californianas, elas comem isso tudinho e bem rápido. Qual é a função delas? Reciclar aquilo que iria para o lixo. Isso é compostagem.

Eu tenho o hábito de picar tudo, antes de colocar na composteira, para que o resíduo seja consumido mais rápido, porém, isso não é uma necessidade ou obrigatoriedade.

Se não colocarmos os restos de alimentos para que as minhocas comam, estes vão para o lixo, ficando a mercê do tempo e sujando o mundo que vivemos. Colocando nas composteiras, o alimento é digerido pelas minhocas californianas e se tornam húmus.

Este processo é limpo. Não produz cheiro. Nem moscas. E o melhor de tudo, deixamos de poluir o ambiente em que vivemos.

Tudo que você precisa é dedicar um pouco de tempo todos os dias para separar os restos de alimento, colocando em um recipiente, para que uma vez por semana possa colocar nas composteiras.

No mesmo momento que cozinha, já vai cortando e separando. Não tem segredo, basta querer fazer.

Algumas Vantagens:

  1. Para de jogar restos de alimento no lixo;
  2. Produz adubo para sua horta;
  3. Se não tem horta, te anima a montar uma;
  4. Ajuda seu planeta a viver melhor; e
  5. Está pensando na posteridade – filhos, netos, famílias e amigos.

CONHEÇA Húmus Brasil

Se isso não bastasse, todo esse processo me da muita alegria, pois montagem uma rede de contatos de pessoas que também faz reciclagem de restos de alimento evitando que mais material orgânico seja enviado para o aterro sanitário.

Quem isso tudo ainda não te anime. Vamos então conhecer alguns pontos econômicos.

O fato da população começar a composta (reciclar restos de alimento) pode gerar um grande movimento de mudança. Esta por sua vez reduz os custos que o município tem para tratar o lixo que produzimos diariamente, podendo em dado momento retornar para nós como redução de tributos ou até isenção.

Como?

Reduzindo a quantidade de material que o Estado precisa tratar, diminui os custos com estes tratamentos e isso nos da poder de barganha para lutar por menos tributos. O brasileiro precisa pensar em alternativas empreendedoras que facilitem o processo de compostagem, orientando o máximo de pessoas possível para que se torne possível algum tipo de melhoria para o cidadão.

Venha você também fazer a diferença neste mundo, conheça o Projeto Húmus Brasil.

Grande abraço e até mais!

Você Pode Gostar Também

Sobre o Autor: Emerson Almeida

Sou Emerson Almeida, casado com Vanessa Almeida, uma Mulher Espetacular, Amo Ler, Estudar, Viajar, Cozinhar e, Aproveitar a Vida. Temos um filho chamado Eric. Sou Fascinado pelo Conhecimento e Amo Compartilhar com aqueles que querem Aprender sempre mais. Aqui vou te Ensinar a descobrir o seu ‘Por quê’ ao Empreender. Entender seu objetivo, gerar lastro e construir um Propósito que gere mudança no mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Arte de Empreender